DORMINDO COM O INIMIGO

“Sua mente é sua melhor amiga, mas também é sua pior inimiga.”

Shirzad Chamine


Quando falamos dos nossos sabotadores, estamos falando de padrões mentais e emocionais que tiram o protagonismo da nossa própria história. Por que eles tiram? Porque passamos a responder apenas a essas “vozes” internas que criam uma série de empecilhos para alcançar nossos objetivos. Gerando, por exemplo, dúvidas sobre nosso próprio merecimento e nos causando medo, insegurança, falta de foco e procrastinação, como se comandassem nossa existência.


Sabe quando você começa um processo de emagrecimento e desiste após as primeiras conquistas ao invés de se motivar a completar seu objetivo? Ou então, quando está em um relacionamento saudável e começa a desequilibrar a relação projetando suas frustrações na outra pessoa? São nossos sabotadores gritando!


Esses inimigos internos geralmente estão associados com acontecimentos marcantes da nossa infância e também a traumas vividos ao longo da nossa história, que foram mantidos como padrões de pensamento até chegarmos à fase adulta e sofrermos as consequências deste cárcere. Ou seja, sermos impedidas de alcançar uma liberdade mental e emocional devido a atitudes que boicotam nossos planos e objetivos, nos fazendo viver uma situação de insatisfação e frustração na vida pessoal e/ou profissional.


Os sabotadores são nossos inimigos invisíveis e falando assim, parece que não temos saída, não é? A verdade é que temos sim! É possível saber com assertividade quais são nossos principais sabotadores, como eles agem, o que causam e o mais incrível de tudo: a origem deles na nossa história de vida.


Porém, antes mesmo de encontrar de onde vieram tais inimigos, já temos alguns indícios de que estamos sucumbindo a essas “vozes”, por exemplo, quando constatamos a falta de motivação, ansiedade, culpa e autocobrança. Ou mesmo quando sentimos a desorganização e procrastinação tomar conta do nosso dia a dia. E ainda quando queremos, mas não conseguimos mudar nossos comportamentos indesejáveis.


Outro sinal muito forte de sabotadores agindo na nossa vida é o medo. Não falamos do medo que possuímos naturalmente como autoproteção, mas daquele que nos paralisa e nos impede de tomar atitudes equilibradas com foco na solução: seja colocar o fim em uma sociedade sem sentido, resolver uma situação com o cônjuge ao invés de abandonar o barco, acreditar em si quando recebe a proposta de um cargo novo no trabalho ou até mesmo não se desesperar com a possibilidade de perder um emprego. Se você está com medo de tudo, mantenha-se em estado de atenção, por que além dos sabotadores você pode começar a desenvolver distorções cognitivas ou distorções da realidade.


Ao identificar sinais como esses, através da tomada de consciência e do entendimento de que essas consequências são oriundas de algo que quer nos tirar do nosso caminho, podemos pensar em maneiras de revertê-los, como:

  • Buscar o autoconhecimento para reconhecer seus sabotadores e saber de onde vêm esses pensamentos: qual é o gatilho?

  • Entender mais a respeito das suas emoções: como você se sente em determinadas situações, qual o sentimento, qual é a mensagem trazida por essas emoções, e então, agir sobre isso.

  • Mudar seu mindset: procurar estar no controle do que você pensa.

  • Ressignificar o sentimento que está alimentando o seu sabotador: ao entender descobrir suas crenças limitantes, por exemplo, você poderá discernir melhor quando está agindo por conta desse inimigo invisível ou através de um sentimento genuíno seu.

  • Definir um plano de ações para combater seus sabotadores.


Se começarmos a trabalhar e integrar esses pontos, uma nova perspectiva para nossa vida se criará e depositaremos cada vez menos força a padrões que trabalham contra o que é melhor para nós. Mas apenas isso não basta.


Para reverter qualquer autossabotagem, você precisa conhecer melhor a si mesma. E não é um processo fácil, pois você poderá ir de encontro a situações e traumas dolorosos, e será necessário entrar em um processo de esforço para se policiar. Sim, você sempre terá que se observar para identificar se está retornando a padrões sabotadores e caso isso aconteça, terá recursos para dominá-los. E então, você poderá assumir as rédeas da sua vida!


Importante dizer que todas as pessoas possuem sabotadores, em níveis individuais.


De acordo com o estudo de Shirzad Chamine – presidente emérito da maior organização de treinamento para coaching do mundo, o CTI (Coaching Training Institute) – foram identificados 10 tipos de sabotadores.

  1. Sabotador Crítico: está sempre encontrando defeitos em si mesmo, nos outros e nas situações. Apontando defeitos e inferioridade. O crítico só consegue enxergar a felicidade em um acontecimento futuro, que sabemos que nunca vai ocorrer. Provocando insatisfação, culpa, ansiedade e raiva.

  2. Sabotador Insistente: perfeccionista, sempre em busca de ordem e organização exagerada, gerando um alto nível de frustração.

  3. Sabotador Prestativo: está sempre buscando a afeição do outro, criando uma relação codependente e se perdendo das próprias necessidades. Isso faz com que a pessoa tenha um desequilíbrio, esquecendo de si ao pensar apenas no outro.

  4. Sabotador Hiper Realizador: acaba se tornando refém dos resultados e possui uma tendência a um vício pelo trabalho, sem muita profundidade emocional.

  5. Sabotador Vítima: busca atenção e afeto, mas sempre focando em sentimentos dolorosos com uma tendência a martirização.

  6. Sabotador Hiper Racional: coloca sempre a razão a frente da emoção e acaba se apresentando de uma forma intelectualmente arrogante, parecendo uma pessoa fria. Isso torna o relacionamento muito desafiador com essa pessoa que geralmente busca o distanciamento.

  7. Sabotador Hiper Vigilante: possui o pensamento contínuo de que tudo dará errado. Ansioso e nervoso, ele tem dificuldade de relaxar e simplesmente aproveitar o momento.

  8. Sabotador Inquieto: necessita de uma vida intensa, sempre em busca de novas emoções. Fazendo com que essa agitação seja entendida como uma fuga, tentando ignorar o que de fato está sentindo.

  9. Sabotador Controlador: precisa estar no comando, dirigindo as ações das pessoas da maneira como ele prefere.

  10. Sabotador Esquivo: evita tarefas desafiadoras, focando apenas no que lhe dá prazer, o que faz com que ele fuja de conflitos e procrastine suas tarefas.


Conseguiu se identificar em alguma dessas características? Quer saber mais e quais são os sabotadores que estão tirando o seu sono e atrapalhando o caminho da sua realização e felicidade? Agende uma sessão agora mesmo.


“Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas” Sun Tzu, A Arte da Guerra.



Artigo escrito para a Revista Dolce Morumbi, em 07/09/2020.

Leia mais artigos aqui.


--

Agende a sua sessão experimental: 11 94756-5478 - anak@ebrccoaching.com.br


Ana Kekligian é Palestrante, Fundadora da EBC - Empresa Brasileira de Coaching, Master Coach, Analista Comportamental, Especialista em Inteligência Emocional e Especialista em Produtividade. Atualmente com cinco importantes certificações internacionais pelo IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoriano, Master Coach, Análise Comportamental e Inteligência Emocional. Certificado de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE - Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional e Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadePS.


Vasta experiência corporativa, onde atuou como executiva de marketing por mais de 18 anos em importantes empresas.


Além disso, administra outros importantes papéis: como mulher, mãe, filha, irmão, amiga e CEO de si mesma.

8 visualizações

Contato

anak@ebrccoaching.com.br

11 94756-5478

Siga a Ana Kekligian nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social

Conheça a EBC

HORIZONTAL PNG COLORIDO.png

Siga a EBC nas redes sociais!

  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social