RECONHEÇA O SEU AMOR



Sua mãe, uma filha linda e imperfeita


Tudo começa com um pai e uma mãe. Especialmente, uma mãe. E essa hierarquia é valiosa para o sistema e equilíbrio familiar. Sem dúvida, ela é a pessoa mais maravilhosa da sua vida, mas não a mulher maravilha.


Eu sei… ela parece mesmo uma personagem dos quadrinhos, capaz de se dedicar a todos de forma amorosa e ainda manter a casa, o trabalho e até as lições de casa dos filhos(as) sem qualquer ajuda. Ou ainda, ela pode nunca ter parecido com nada disso. É sobre esse peso que precisamos ter atenção. Pois nenhuma mãe merece ser alvo de expectativas tão altas, pois elas são seres humanos como nós. Elas precisam de uma rede de apoio, precisam ser lembradas que são filhas também. E que está tudo bem para elas e para nós, enquanto filhos(as), ter dificuldade de conciliar todos os papéis que essa sociedade exige. E muito menos ser perfeita. Aliás, que “pereba” enorme é essa questão da perfeição que só gera autocobrança e angústia.


Cuidar do outro e ainda buscar evolução em si não é a tarefa mais simples do mundo. Mas muitas mães fazem com maestria, outras nem tanto e está tudo bem. Você já parou para pensar como era a relação da sua mãe com a mãe dela? A forma como ela se doa ao mundo é um reflexo daquilo que recebeu e nem tudo foram flores, pode apostar. Algumas vezes, pode parecer que se manter distante dos conflitos é o melhor, não é? Mas será que isso não é uma forma de se esquivar ou de abandonar? Pense, reflita e encontre uma forma de recomeçar um relacionamento que é a base para todos os seus outros. Desenvolver uma nova maneira de se relacionar ou fortalecer o que já existe, pode trazer uma paz interior que libertará vocês de culpas, expectativas, mágoas, e criará uma nova conexão de amor e respeito. Você é filha e por isso existe, honra e respeite a sua história e quem te deu a vida, com todas as qualidades e defeitos. Como disse Bert Hellinger, terapeuta renomado e fundador da Constelação Familiar: “A forma como tratamos nossa mãe é a forma como nos colocamos na vida.”


Em um mundo que vive hoje uma pandemia, algumas vezes nem perto fisicamente conseguimos ficar, e isso é uma das maiores provas de amor que você pode dar para sua mãe, o de se fazer presente. É a alegria comemorada à distância quando ela foi vacinada, o cuidado insistente para que ela permaneça em casa. É enviar a comida preferida dela por delivery, é ir visitá-la sempre, ainda que mantendo a distância, fazer o supermercado para ela, dizer a ela o quanto à ama ou como ela é importante para você. Veja que mencionei diferentes formas de amor, porque sim, podemos fazer amar em diferentes linguagens.


Se você já se deparou frustrada porque não estar recebendo amor da forma que gostaria ou recebeu alguma reclamação de que não expressa o amor de forma efetiva, pode ser que você e sua mãe não estejam falando a mesma língua. Talvez, sua mãe não consegue entender a linguagem de amor que expressa por ela, e pode não se sentir amada, porque você está fazendo o que gostaria que fizessem para você. Mas se eu te disser que nesse momento tão peculiar, você pode surpreender sua mãe e dar exatamente o amor que ela gostaria de receber? Disponibilizei um teste sobre “As linguagens do amor”, para você conhecer a forma de amor dela, e claro, a sua também! Com isso, espero que você arrase no próximo domingo, Dia das Mães.


Esse é meu presente para mães e filhos (as). Afinal, só existimos porque somos filhos (as) de alguém. E que benção é a nossa ter essa relação que começou antes de todo mundo, ou que se fortaleceu em uma acolhida, ou ainda que sempre vai existir nas memórias do nosso coração.


Esteja ela onde estiver, estabeleça uma conexão e diga para ela o que você precisa dizer.

Lembre-se de honrar, respeitar, amar e valorizar a pessoa que te deu o maior presente de todos: a vida.


Acesse aqui ao teste “As 5 linguagens do amor” https://www.anakekligian.com/5-linguagens-do-amor


“Quando alguém se alegra com sua mãe, também se alegra com sua vida e seu trabalho. A medida em que alguém toma a sua mãe totalmente, com tudo aquilo que ela lhe presenteou tomando isso com amor, a sua vida e seu trabalho o presentearão, na mesma medida, com sucesso. Quem tem reservas em relação a sua mãe, as tem também em relação à vida e à felicidade. Assim como sua mãe se afasta dele como consequência de suas reservas e sua rejeição, assim a vida e o sucesso se afastam dele. Onde começa o nosso sucesso? Começa com nossa mãe. Como o sucesso chega a nós? Como pode vir? Quando a nossa mãe pode vir a nós e quando nós a honramos como tal.” Bert Hellinger



Artigo escrito para a Revista Dolce Morumbi, em 03/05/2021.

Leia mais artigos aqui.


--

Agende a sua sessão experimental: 11 94756-5478 - anak@ebrccoaching.com.br


Ana Kekligian é Palestrante, Fundadora da EBC - Empresa Brasileira de Coaching, Master Coach, Analista Comportamental, Especialista em Inteligência Emocional e Especialista em Produtividade. Atualmente com cinco importantes certificações internacionais pelo IBC - Instituto Brasileiro de Coaching: Professional & Self Coaching, Coaching Ericksoriano, Master Coach, Análise Comportamental e Inteligência Emocional. Certificado de Especialista em Inteligência Emocional pela SBIE - Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional e Triad Certified Productivity Specialist, formada pela TriadePS.


Vasta experiência corporativa, onde atuou como executiva de marketing por mais de 18 anos em importantes empresas.


Além disso, administra outros importantes papéis: como mulher, mãe, filha, irmão, amiga, namorada e CEO de si mesma.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo